Sexta-feira, 15 de Fevereiro de 2008

Inteligência emocional

Gosto daquelas pessoas que dizem que não comemoram o dia dos namorados porque «o dia dos namorados é todos os dias». Acho-os muito à frente. «Estou? Amor? Olha, hoje não vamos poder estar juntos. É dia dos namorados e nós somos mais inteligentes que os outros. Não chores... Vá, sê forte. Grande abraço. Chau.» E ainda dizem que o romantismo morreu.
Marcadores: ,
publicado por Brockston Über Alles às 13:38
link do post
11 comentários:
De Clara Umbra a 15 de Fevereiro de 2008 às 19:11
Poderoso! Não há mesmo paciência para esses totós. Têm tanto medo de cair no "ridículo" do amor (pois, Pessoa...) que vivem uma vidinha idiota e oxalá se afoguem na sua estupidez.
Já bem basta termos de calar tantas merdas, ainda temos de calar o amor?! Tenho dito.
[Note-se que "merdas" é para compensar o lirismo e que ainda me estou a recuperar deste assomo de romantismo brockstoniano; suspeito da vinda de uma adenda a explicar que «uma súbita indisposição com diminuição das capacidades de "ser Brockston" ditou a redacção do post anterior...»]
De Brockston Über Alles a 19 de Fevereiro de 2008 às 15:59
Ou seja, não percebi nada.
De Clara Umbra a 19 de Fevereiro de 2008 às 20:21
De uma forma centrípeta eu queria dizer que achei o post muito bom, que concordava consigo e que condenava esses "iluminados" - parece-me que deixam de festejar o dia dos namorados com receio do ridículo.
A minha aceleração radial traz-me problemas de expressão, desculpe.
De Brockston Über Alles a 19 de Fevereiro de 2008 às 21:08
Essa parte eu tinha entendido, o que eu não entendi foi o parêntesis recto.
De Clara Umbra a 19 de Fevereiro de 2008 às 21:15
Pareceu-me que, ao condenar essas pessoas, estaria o Brockston a demonstrar uma "fofura" pouco habitual.
Irra! Não anda a entender o que eu digo ou está a meter-se comigo? Quer dar cabo do meu resto de auto-estima semiótica?
De Brockston Über Alles a 19 de Fevereiro de 2008 às 21:29
Estou apenas e somente a demonstrar incompreensão.
De Clara Umbra a 19 de Fevereiro de 2008 às 21:55
Ok, espatifou a minha auto-estima.
Eu envio-lhe a conta do mecânico. Não vai sair barato, tenho estofos em pele.
De Cold_cold_Bitch a 17 de Fevereiro de 2008 às 15:20
E os restaurantes repletos de pombinhos? Já tentaste jantar fora no dia 14 de Fevereiro? Só isso é um bom pretexto para celebrar a 13 ou a 15 de Fevereiro...
De Brockston Über Alles a 18 de Fevereiro de 2008 às 20:00
Já. E ainda hoje tenho pesadelos com pãezinhos em forma de coração.
De Moyle a 18 de Fevereiro de 2008 às 02:09
o Moyle nem gosta nem desgosta, muito pelo contrário
De Paula a 18 de Fevereiro de 2008 às 14:24
Dia dos namorados, é sempre que um homem ou uma mulher quiserem.
Mas concordo contigo!
Bjs!

Comentar post

© 2008 Brockston Über Alles. Todos os direitos rebarbados.

dantes é que era

links

pesquisar neste brockston

 

subscrever feeds

blogs SAPO