Sexta-feira, 22 de Fevereiro de 2008

Barba e cabeça

Segundo o dicionário, cabeleireiro é «aquele que faz ou conserta cabeleiras». Ora, o senhor Pinto não faz, e muito menos conserta, cabeleiras, pelo menos que eu tenha reparado. E há inclusivamente quem diga que o seu trabalho tem menos a ver com corte de cabelo do que com decapitação. Esse alguém, adivinharam, sou eu.
Mas é justamente por essa razão que eu me mantenho fiel ao senhor Pinto. Porque o senhor Pinto, além de escanhoar a minha já de si escassa juba (o que, para os puristas da catanagem capilar, é um pleonasmo), também me esquarteja, no processo, o crânio. Sem custo adicional. Além disso, ainda oferece daquelas esferográficas com que têm umas ceninhas na ponta para estancar hemorragias. O senhor Pinto é um homem duma generosidade ímpar (ele só ceifa pessoas com 2n+1 cabeças).
 
 
 

 

publicado por Brockston Über Alles às 09:40
link do post
2 comentários:
De Paula a 22 de Fevereiro de 2008 às 15:10
O sr. Pinto não será parente do Sweeney Todd ?
Bjs!
De Brockston Über Alles a 22 de Fevereiro de 2008 às 18:48
Olha que é bem capaz.

Comentar post

© 2008 Brockston Über Alles. Todos os direitos rebarbados.

Génio Atormentado




Coluna desnecessária

dantes é que era

links

pesquisar neste brockston

 

subscrever feeds

blogs SAPO