Sexta-feira, 25 de Janeiro de 2008

Cavaleiro martelante

Sou uma espécie de ferreiro do amor. O meu lema é: malhar enquanto o ferro está carente.
publicado por Brockston Über Alles às 15:36
link do post
10 comentários:
De Maria Albertina a 25 de Janeiro de 2008 às 18:29
Não é sobre o post...
É só que... One time... fantástico!
Bem haja


De Brockston Über Alles a 25 de Janeiro de 2008 às 18:41
Ei, mas o post também está fixe. Não me lixe.

De nada.
De Brockston Über Alles a 25 de Janeiro de 2008 às 19:21
Lixou-me.
De Maria Albertina a 26 de Janeiro de 2008 às 08:13
Não lixei, não! Não me atreveria! Só não estava por aqui… Desculpe-me… O post é sublime e enternecedor… Tudo o que lhe desejo é que seja sempre capaz de recordar que “Mão de mestre não suja ferramenta.”…
Boas malhas!
De Clara Umbra a 25 de Janeiro de 2008 às 18:59
Confesse lá que está ansioso por que alguém lhe diga: casa de ferreiro, espeto de pau...
De Brockston Über Alles a 25 de Janeiro de 2008 às 19:00
Por acaso estou bastante sereno.
De Clara Umbra a 25 de Janeiro de 2008 às 19:03
Nesse caso, perdão, retiro o meu espírito.
De carlos a 25 de Janeiro de 2008 às 19:56
Ou então, "o hálito faz o monge"!
De Brockston Über Alles a 25 de Janeiro de 2008 às 20:00
Isso em coordenadas cilíndricas quanto é que dá?
De Brockston Über Alles a 25 de Janeiro de 2008 às 20:02
Não se ralem, eu repondo: provavelmente dois aftersheiros.

Comentar post

© 2008 Brockston Über Alles. Todos os direitos rebarbados.

Génio Atormentado




Coluna desnecessária

dantes é que era

links

pesquisar neste brockston

 

subscrever feeds

blogs SAPO