Sexta-feira, 11 de Janeiro de 2008

Über Alles manifesta indignação e preocupação sobre excepções à lei do tabaco

Estou indignado. Pá, estou. Desculpem mas estou. E preocupado. Sou um gajo que se consciencializa das problemáticas que afectam o seu país e como tal fico neste estado de angustiante inquietude, o qual passarei doravante a outorgar aos leitores deste humilde mas espectacular blogue. Mas, antes disso, vou fazer um parágrafo, que é das poucas coisas que, lamentavelmente, Sócrates ainda não proibiu que se fizesse.

Nós, os talibans da saúde pública, percorremos um longo caminho no sentido de chatear os fumadores, seria uma pena voltarmos agora à estaca zero. Isto porque, de acordo com a excepção à nova lei anti-tabaco consagrada aos estabelecimentos prisionais, os fumadores (que circulam em liberdade) vão poder fumar em todo o lado, basta alegarem que estão a «fumar em cadeia».

É um trocadilho estúpido, eu sei. Mas eles parecem suficientemente desesperados para lhe achar piada. E eu também.
Marcadores: , ,
publicado por Brockston Über Alles às 14:09
link do post
4 comentários:
De Paula a 11 de Janeiro de 2008 às 16:59
Bem vistas as coisas, se eles alegarem que estão a fumar em cadeia, podemos dar-lhes um sopapo na boca.
E porquê tanta violência?
Porque podemos sempre alegar que houve um motim e tivemos que tomar medidas drásticas.
E com a boca inchada, não lhes vai caber o cigarro na boquita. Estaremos também a ajudá-los a largar o vício.
Pronto!
Eles são os ladrões e nós os policias!
Para um trocadilho estúpido, um trocadilho parvo.
Bjs!
De Brockston Über Alles a 11 de Janeiro de 2008 às 19:07
Paula, a violência não resolve nada. Mas se não se acalmar ver-me-ei obrigado a administrar-lhe vigorosas galhetas num sítio que eu cá sei.

Considere isto o primeiro, segundo e terceiro avisos.

Beijos
De Clara Umbra a 11 de Janeiro de 2008 às 18:24
Se alegarem que a vida é um jogo também são gajos para terem sorte.
Margarida Lobo
De Maria Albertina a 12 de Janeiro de 2008 às 08:43
Subscrevo! A situação é deveras vergonhosa e reprovável! Condenável! Inaceitável! Não sendo de fundamentalismos nem de preconceitos, quero apenas soltar o meu desabafo: ABAIXO OS FUMADORES!
Estou verdadeiramente preocupada! Estamos a caminhar a passos largos para um aumento drástico da taxa de criminalidade no nosso país! Ninguém parece ter percebido a gravidade que esta excepção acarreta! Estou apavorada! Aterrorizada! Horrorizada!
Mas vou continuar a lutar…
Obrigada camarada por me fazer sentir tão menos só neste meu combate!

Maria Albertina

Comentar post

© 2008 Brockston Über Alles. Todos os direitos rebarbados.

Génio Atormentado




Coluna desnecessária

dantes é que era

links

pesquisar neste brockston

 

subscrever feeds

blogs SAPO